Trabalho Home Office: 15 Ideias Para Trabalhar Em Casa

Olá, tudo bom?

Seja em tempos de crise - com o índice de desemprego nas alturas-, seja em tempos de prosperidade, trabalhar em casa sempre foi algo que fez parte do imaginário popular.

Quem é que nunca pensou no quanto seria maravilhoso poder trabalhar na sala de casa ou mesmo no próprio quarto, sem precisar enfrentar o trânsito caótico, o transporte público e as oscilações climáticas?

Isso, sem falar nas brigas cotidianas por causa do ar condicionado do escritório, que um quer que fique nos 18ºC, enquanto o outro, já congelado, clama pelos 24ºC. Realmente não é fácil.

Com o avanço da tecnologia, a própria estrutura do trabalho mudou e continua mudando muito, e com essas mudanças, as oportunidades de trabalhar em casa só se multiplicaram.

E é sobre elas que eu vou falar hoje!

 

Trabalho Home Office – o que é e como funciona?

Antes de começar a falar propriamente sobre as muitas possibilidades de trabalho home office existentes atualmente, que tal entender melhor o conceito de home office?
O significado do termo, em tradução livre do inglês, é escritório em casa.
O home office pode ser independente, ou seja, o trabalhador aceita encomendas como freelancer, como também pode envolver um contrato formal de trabalho.
Vale lembrar, falando em CLT, que as modificações na legislação trabalhista brasileira contemplam e, mais do que isso, regulamentam o trabalho home office.
Em alguns casos, para que o contrato seja formalizado, a empresa contratante fixa algumas condições sobre a estrutura mínima, que envolve tanto o mobiliário quanto o tipo de computador e internet necessários para o desenvolvimento do trabalho – e ela também pode pagar ajudas de custo para cobrir gastos com energia elétrica e internet, por exemplo.
Já no modo freelancer, no entanto, essas questões não são colocadas em pauta, sendo todas de total responsabilidade do contratado – fica a dica: na hora de calcular seu preço, é uma boa incluir essas despesas.

Vamos à lista?

15 Ideias para trabalhar em casa

Vou começar a lista com ideias que podem ser colocadas em prática com baixíssimo ou nenhum investimento inicial e que são executadas pela internet. 
Mas, calma, se você não tem paciência pra ficar horas na frente do computador, ou tem algum outro talento que não tenha nada a ver com tecnologia, continue acompanhando, porque nem só de internet vivemos hoje em dia, certo?
1.      Afiliados
Eu já falei bastante sobre o assunto aqui, inclusive, você pode conferir um artigo inteiro só sobre afiliados com os 35 melhores programas de afiliados da atualidade. Trata-se, a grosso modo, de divulgar produtos de outras pessoas e ganhar comissões a cada clique em publicidade ou venda concretizada.
2.      Blog/Vlog
Se você tem algo a dizer, e acredita que esse conteúdo pode ser útil para as pessoas, criar um blog pode ser interessante.
Se você não tem muita paciência para escrever e quer interagir, mostrar a cara, ainda tem a opção de criar um vlog – um blog composto por vídeos.
3.      Marketing Digital
As mudanças nas estruturas do trabalho são só uma das muitas nuances que a tecnologia trouxe para as nossas vidas. O marketing digital veio para suprir a necessidade das empresas que precisam se adequar aos novos tempos para alcançar o seu público alvo.
O marketing digital envolve trabalhos como criação de conteúdo para web, historytelling, copywriting, entre outras produções. Se você tem criatividade e entende de marketing, pode pensar tanto em montar uma agência, como em trabalhar para uma delas. 
4.      Web Design
Aqui, um conhecimento avançado em linguagens de programação é requerido. Se você tem esse conhecimento, já pode começar a oferecer seu serviço em plataformas de trabalho freelancer, como a Workana o 99Freelas e o Fiverr, por exemplo, e ganhar uma renda extra trabalhando em casa.
5.      E-commerce
Se o seu talento é focado em interações, construir relações e fechar vendas, você já tem um diferencial que pode contar muito a seu favor em uma loja online.
Você pode começar usando estruturas prontas disponíveis na internet, como os marketplaces, por exemplo, pagando valores módicos. Vale lembrar que um certo investimento inicial pode ser necessário, já que você vai precisar de um estoque de produtos para começar.
6.      Dropshipping
Falando em comércio eletrônico e em estoque, se você não estiver disposto ou não tiver qualquer quantia à sua disposição para investimentos, o Dropshipping pode ser uma opção.
 Nessa modalidade, você apenas se dedica às vendas de produtos que serão entregues pelo fornecedor. Ficou curioso? É só dar uma olhada no artigo que escrevi a respeito de como ganhar dinheiro com uma loja virtual sem precisar investir em estoque. E o melhor de tudo, vai poder trabalhar em casa, com todo conforto.
7.      Aulas online
Pode ser uma aula de idioma ou de matemática, de desenho, enfim, se você domina alguma técnica e tem didática para ensinar, pode pensar com carinho a respeito de dar aulas online.
Você pode tanto gravar cursos completos e vendê-los em plataformas como o Udemy, ou colocar-se à disposição para contratação de aulas particulares online, que é como funciona no Corujito. Outra opção é criar o seu próprio canal no Youtube, e ganhar com a monetização da sua conta.
8.      Revisão/Tradução
Se você tem domínio sobre um ou mais idiomas – e preferencialmente, formação superior -, essa área pode ser muito promissora. Você pode se colocar à disposição para trabalhos de revisão de textos, trabalhos acadêmicos, obras literárias. Traduções também podem proporcionar uma boa renda trabalhando em casa.
9.      Social Media
Quem disse que entender tudo de interações em redes sociais não iria te proporcionar nada? Se você domina as redes sociais, já tem o principal para começar a trabalhar em casa com o engajamento de público das marcas e tudo que diz respeito às mídias sociais como Facebook, Instagram, Twitter, entre outras.
10.  Digital Influencer
Pegando o gancho das redes sociais, se você tem tanta aptidão e desenvoltura que acabou conquistando legiões de seguidores nas suas contas pessoais, pode pensar em ganhar dinheiro falando diretamente com o seu público sobre produtos, marcas e estilo de vida, por exemplo. Com muito empenho, você pode conseguir faturar alto com posts pagos.
 
Agora, se você não tem paciência, não gosta de passar horas navegando na internet ou mesmo tem paixão por outros ofícios, preste atenção nessas últimas 5 ideias pra trabalhar em casa!
11.  Aluguel de quartos
Se você tem um quarto vago em casa, e não tem problemas em dividir o seu espaço com desconhecidos, o aluguel de quartos pode ser uma boa. Existem plataformas como a Airbnb, que garantem a segurança tanto de quem aluga quanto de quem cede o espaço, ficando só a troca de experiências e, claro, um dinheiro extra na sua conta bancária.
12.  Doces/Salgados caseiros
A cozinha é a sua paixão? Vender doces e salgados caseiros pode ser uma ótima pedida! Caprichando na embalagem, na qualidade dos ingredientes e nas técnicas de preparo, as chances de sucesso são muito grandes.
Um investimento inicial pode ser necessário, e quanto mais você se dedicar a cursos e à divulgação, maiores serão as chances de aumentar a sua renda ou mesmo de alcançar a independência financeira e o melhor: trabalhando em casa!
13.  Artesanato
Tem habilidades manuais e paciência? Com um investimento mínimo, você pode criar peças únicas e vendê-las em feiras ou mesmo pela internet, através das redes sociais ou em marketplaces como a Elo7, por exemplo.
14.  Fotografia
Se fotografar é o que faz seus olhos brilharem, por que não começar seu próprio negócio? O investimento inicial não precisa ser alto: com alguns poucos equipamentos usados, você consegue montar um mini estúdio. Vale lembrar que trabalhos com fotografia vão muito além das festas de aniversário e casamentos: fotografia para e-commerce e fotografia de comida estão alta!
15.  Revenda de produtos
Bijuterias, lingerie, roupas, utensílios, acessórios para auto: o que antes era vendido de porta em porta, agora pode ser vendido pela internet. Você pode usar e abusar das redes sociais para isso, e conquistar a tão sonhada independência financeira trabalhando com todo o conforto em casa.

Gostou do artigo? Então, não deixe de assinar o newsletter pra receber as nossas atualizações direto no seu e-mail!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quer saber mais sobre vendas? Os webinars grátis do E-goi Xperience podem ajudar

35 Melhores Programas De Afiliados Da Atualidade

Estratégias para usar o Pinterest como ferramenta de marketing